19 de Maio de 2013 - 15h22

Ricardo Maurício vence GP Bahia e assume a liderança

Rubens Barrichello conquistou seu primeiro pódio na Stock Car
Fernanda Freixosa / Vicar Fernanda Freixosa / Vicar Duda Bairros / Vicar Duda Bairros / Vicar Duda Bairros / Vicar
Ricardo Maurício venceu a quarta etapa da temporada 2013 na manhã deste domingo (19/05), no circuito de rua de Salvador (BA) e assumiu a liderança do campeonato, com 80 pontos - contra 73 de Cacá Bueno. A largada da prova foi dada com quase uma hora de atraso e com safety car na pista, devido à forte chuva que castigou o Centro Administrativo da Bahia. No entanto, a pista foi secando logo no início da corrida. A primeira etapa do ano que não teria a obrigatoriedade do pit stop, acabou sendo definida justamente pelas paradas nos boxes. Na volta 10 Patrick Gonçalves bateu na entrada da Curva da Balança e mudou a história da corrida. O acidente provocou a entrada do safety car e alguns pilotos aproveitaram o momento para entrar nos boxes e colocar pneus para a pista seca.
 
Maurício, que vinha em terceiro, não entrou e assumiu a liderança. Com isso, mesmo com os pneus para chuva cruzou a linha de chegada em primeiro. Um acidente com Ricardo Zonta, na volta 22, beneficiou o dono do carro #90, pois Thiago Camilo e Cacá Bueno, que estavam com pneus para o seco, escalaram o pelotão, mas foram freados pela batida.
 
Rubens Barrichello também não trocou pneus e se deu bem. Conquistou seu primeiro pódio na história da Stock Car, em segundo. Thiago Camilo foi o melhor colocado entre aqueles que realizaram o pit stop e completou o pódio.

“Em uma corrida como essas não tem como ter estratégia. Chegou uma hora em que ficamos em dúvida, sem saber se entrávamos ou não no box. Quem estava mais atrás arriscou, os que estavam mais na frente não sabiam o que fazer. Aqui é difícil de ultrapassar. Por isso, o último safety car me fez ganhar a corrida. Quem optou por trocar pneus estava em um ritmo muito mais forte que o meu. Mas no automobilismo temos que ter sorte”, comentou Maurício.
 
O piloto da Eurofarma RC também elogiou o trabalho desenvolvido por sua equipe. “Fizemos um excelente trabalho o final de semana inteiro, andando bem nos treinos e na corrida. Esse foi meu sexto pódio consecutivo, foram dois no ano passado e quatro agora. Ainda não tinha vencido corrida em circuito de rua e a minha última vitória tinha sido na Corrida do Milhão de 2010”, acrescentou

Veja como terminou a corrida:

1) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 26 voltas em 42min31s159, média de 99,91km/h
2) Rubens Barrichello (Full Time), a 0s853
3) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 1s055
4) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 1s261
5) Max Wilson (Eurofarma-RC), a 5s220
6) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer), a 5s484
7) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), a 6s042
8) Luciano Burti (Boettger Competições), a 8s286
9) Popó Bueno (Shell Racing), a 8s933
10) Felipe Lapenna (Hanier Racing), 10s526
11) Duda Pamplona (Officer Pro GP), a 11s512
12) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 12s487
13) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 13s560
14) Tuka Rocha (BMC Racing), a 13s878
15) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 14s111
16) Fábio Fogaça (Vogel Motorsports), a 14s945
17) Allam Khodair (Vogel Motorsports), a 15s220
18) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 15s476
19) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi), a 15s847
20) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 16s784
21) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 19s021
22) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 21s496
23) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer), a 23s331
24) Sérgio Jimenez (Voxx Racing), a 27s568
25) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 32s789
26) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 1 volta
27) Valdeno Brito (Shell Racing), a 1 volta
28) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 5 voltas
29) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 7 voltas
30) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 8 voltas
31) Denis Navarro (Voxx Racing), a 11 voltas
32) Julio Campos (Prati Donaduzzi), a 12 voltas
33) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 17 voltas
34) Patrick Gonçalves (RC3 Bassani), a 17 voltas

Melhor volta: Átila Abreu: 1min15s374, média de 130,10 km/h
Os pilotos Sérgio Jimenez e Átila Abreu foram punidos com 20 segundos cada um no tempo final por atitude antidesportiva. Jimenez contra Popó Bueno e Átila contra Rafa Matos.

Os dez primeiros na classificação geral:

1) Ricardo Maurício, 80 pontos
2) Daniel Serra, 74
3) Cacá Bueno, 73
4)Thiago Camilo, 58
5) Max Wilson, 53
6) Valdeno Brito, 51
7) Luciano Burti, 35
8) Allam Khodair, 34
9) Ricardo Zonta e Tuka Rocha 32
10) Nonô Figueiredo, 26
Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x