2 de Junho de 2013 - 11h42

Cacá vence a segunda no campeoanto

Serra foi o segundo e Camilo completou o pódio
Cacá vence a segunda no campeoanto Fernanda Freixosa / Vicar
Cacá Bueno venceu a quinta etapa da temporada 2013, disputada nesse domingo (2/06), no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília, e reassumiu a liderança do campeoanto. Em uma prova marcada por quatro entradas do safety car, Cacá largou em terceiro, superou o pole Thiago Camilo na largada e assumiu a ponta após uma punição aplicada a Marcos Gomes, por queima de largada. A corrida foi encerrada com bandeira amarela.

“O Thiago tem feito um ano muito consistente, muito forte e conseguiu, nos momentos difíceis dele, saber somar pontos. O Ricardinho a mesma coisa, hoje saiu de trás e chegou em quinto. O Daniel tem sido o mais rápido do pelotão, se analisarmos todas as corridas, tanto em pole quanto em ritmo de corrida. Isso tem feito com que o campeonato fique muito mais difícil”, comentou o novo líder.

Marcos Gomes fez uma boa largada e o pole Thiago Camilo foi perdendo posições, caindo para quinto. Cacá, que estava em segundo, assumiu a dianteira quando Marcos Gomes foi punido com um Drive Through por queima de largada. Após o pit stop obrigatório, Cacá retornou à pista em segundo, atrás de Nonô Figueiredo, mas o piloto da Mobil Super Pioneer Racing foi punido por entrar nos boxes com o safety car na pista.
 
Bandeiras amarelas:
Uma abandeira amarela no início, após acidente envolvendo David Muffato e Popó Bueno fez com que o safety car entrasse na pista na segunda volta. A segunda entrada do safety car aconteceu na volta nove, após um incidente entre Diego Nunes e Felipe Lapenna, que ficou atravessado na pista. A terceira aconteceu após um acidente envolvendo Fábio Fogaça e Ricardo Sperafico. "Fui arriscar uma ultrapassagem e o carro acabou perdendo o controle. Depois que rodou não tinha mais como controlar, dai fui atingido. Corrida é assim, temos que arriscar e nem sempre sabemos o que nos espera", comentou Ricardo.

Na volta 32 Diego Nunes escapou na curva da vitória e bateu forte, causando a quarta intervenção do carro de segurança. Com isso, a prova foi concluída em bandeira amarela.
 
“Ao contrário dos outros anos, quanto tínhamos um pelotão de oito, nove, até 10 carros brigando pelo título, esse ano está se desenhando entre quatro. Hoje com primeiro, segundo, terceiro e quinto colocados. Khodair e Átila tem andando na frente mas não tem conseguido manter nas corridas. Então essa foi uma vitória muito importante e veio em um momento em que eu havia sentido o golpe, deixei um pouco a desejar nas últimas corridas, mas dessa vez voltei a ter um bom ritmo de corrida e de classificação, não só no resultado final, mas voltei a ser bem competitivo”, acrescentou o vencedor.


Veja como terminou a corrida:
1. Cacá Bueno - 34 voltas em 42:39.543
2. Daniel Serra – a 0.244
3. Thiago Camilo – a 1.591
4. Rubens Barrichello – a 1.766
5. Ricardo Mauricio – a 2.013
6. Rodrigo Sperafico – a 3.194
7. Tuka Rocha – a 3.909
8. Galid Osman – a 5.198
9. Ricardo Zonta – a 5.533
10. Valdeno Brito – a 6.956
11. Rafa Matos – a 8.466
12. Alceu Feldmann – a 9.201
13. Marcos Gomes – a 10.307
14. Átila Abreu – a 11.542
15. Luciano Burti – a 12.616
16. Denis Navarro – a 13.061
17. Max Wilson – a 13.629
18. Duda Pamplona – a 14.182
19. Lico Kaesemodel – a 14.708
20. Sergio Jimenez – a 16.222
21. Wellington Justino – a 17.700
22. Popó Bueno – a 18.861
23. Nonô Figueiredo – a 20.351
24. Rodrigo Pimenta – a 21.072
25. Beto Cavaleiro – a 22.560
26. Allam Khodair – a 25.301
27. Vitor Genz – a 26.077
*Resultado extra oficial
Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x