9 de Março de 2015 - 16h15

Perto do retorno à Stock, Ingo Hoffmann pede “vaga especial” e provoca Chico Serra

Recordista de títulos da Stock Car correrá em Goiânia no próximo dia 22 dividindo o carro da Medley-Full Time com Rubens Barrichello, e chamou o antigo rival, que vai correr ao lado do filho Daniel
Perto do retorno à Stock, Ingo Hoffmann pede “vaga especial” e provoca Chico Serra Duda Bairros/Vicar

Ingo Hoffmann e Rubens Barrichello são só sorrisos quando se fala da Corrida de Duplas que abrirá a temporada do Circuito Schin Stock Car 2015. A prova, já sucesso comprovado pela edição do ano passado, acontece no próximo dia 22 no Autódromo de Goiânia. E no final da manhã desta segunda-feira (9) a dupla concedeu uma concorrida entrevista coletiva em um restaurante da zona sul de São Paulo, em que também estiveram presentes o diretor-geral da Vicar, Mauricio Slaviero, o presidente da Medley, Wilson Borges, e Maurício Ferreira, chefe da Full Time.

A dupla que soma 13 títulos da Stock Car mostrou bom humor durante toda a entrevista e fez algumas brincadeiras. Hoffmann, de 62 anos e desde 2008 sem pilotar um carro da Stock Car, pediu a Slaviero uma vaga especial de estacionamento para idosos no Autódromo Ayrton Senna para o final de semana da prova. “Já pedi para o Mauricio reservar uma vaga preferencial de idoso para eu pendurar meu cartãozinho, porque eu já tenho um”, brincou. “Sei que eu e o Rubinho vamos bater o recorde de idade para as duplas, porque se somarmos... É melhor deixar para lá”, riu.

Barrichello destacou a relação de longa data com o 12 vezes campeão da Stock. “Meu pai tinha uma loja de material para construção em Interlagos e ele me levava para ver os treinos da Stock no autódromo. Quando apareceu aquele capacete laranjinha lá em casa foi amor à primeira vista. Tanto que é a cor predominante do meu capacete”, lembrou.

Ingo reafirmou que Rubens foi corajoso ao chama-lo para correr. “Falei que não quero atrapalhar nem ser um peso para ele, mas ele disse que vamos para nos divertir. Mas sei que chegando lá a história é diferente”, disse, animado com o desafio. “Falei para ele não ir tão rápido para não ficar feio para mim”, brincou o atual campeão da Stock. “Vamos para Goiânia como uma das duplas mais fortes, e também vamos aprender muito com a velocidade e a experiência dele”, concluiu.

O 12 vezes campeão também lembrou que seu rival Chico Serra também disputará a prova, desta vez ao lado do filho Daniel na Red Bull Racing. “Fiquei muito contente quando soube que ele correria. Até mandei um recado de Whatsapp para ele e depois fiquei me perguntando se ele tinha isso no telefone”, brincou. “Mas ele respondeu na hora, e disse iríamos reviver aquelas disputas. Quando corríamos nos anos 90 e início dos anos 2000, se eu estivsse em 14º ou 15º, contanto que estivesse na frente do Chico, estava tudo bem”, provocou.

Para Mauricio Slaviero, a Corrida de Duplas do Circuito Schin Stock Car já é um sucesso e tem tudo para se firmar como um dos principais eventos do automobilismo brasileiro. De fato, alguns números já provam isso: de acordo com o presidente da Medley, Wilson Borges, o retorno de mídia para a marca, junto da Stock Car, somente em 2014, foi de R$ 45 milhões.

“Este retorno todo comprova que o formato da prova e o investimento da Medley deram resultado e também a certeza de estarmos trilhando o caminho certo. A corrida de duplas é muito legal, e o resultado é visto dentro e fora da pista, porque mostramos a Stock Car para um público diferente trazendo estas feras todas. Vai ser uma corrida histórica e tem tudo para ser uma das melhores da história da categoria”, finalizou Slaviero.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x