21 de Março de 2015 - 19h46

Titulares optam por entrosamento e repetem convidados de 2014

Por já conhecerem o carro e a categoria, pilotos decidem por experiência e chamam mesmos companheiros do ano passado
Titulares optam por entrosamento e repetem convidados de 2014 Duda Bairros/Vicar

A primeira etapa da Stock Car tem um gosto especial para os amantes do automobilismo. Para a abertura da temporada 2015, a prova será realizada em duplas pelo segundo ano consecutivo, com um piloto titular podendo escolher um convidado de qualquer categoria de qualquer parte do mundo.

Como diz a frase “em time que se está ganhando não se mexe”, alguns dos titulares deste ano decidiram repetir os companheiros de 2014. Esse foi o exemplo de Átila Abreu, que chamou novamente Nelson Piquet Jr para dividir o #51 da AMG Motorsports. E deu para perceber que a receita deu certo, já que eles largarão da pole-position na prova deste domingo.

Para Átila, o entrosamento, que não vem só da última corrida, com certeza é vantajoso para um resultado melhor dentro da pista. “Já temos um entrosamento, nos conhecemos desde a época do kart. Ele tem uma facilidade muito grande de se acostumar com o carro, e ano passado o desempenho dele nos impressionou, por isso o convite novamente”, explicou.

Quem concorda com o pensamento do vice-campeão de 2014, e também escolheu a mesma dupla do último ano, é Thiago Camilo. Alinhado ao lado de Lucas Di Grassi, ele lamentou o fato de não terem largado na corrida inaugural da temporada, mas exaltou o fato do conhecimento do piloto. “Conhecer ele é um dos motivos por ter optado novamente, não só pelo desempenho no ano passado. Infelizmente tivemos um problema no grid de largada, mas fomos competitivos em todo o final de semana. O conhecimento dele do carro acaba ajudando, sem dúvida”, disse.

E o atual competidor da F-E concorda com o colega. Mesmo que não tenha adquirido tanta experiência, por ter sido apenas uma etapa, já saber o que vai encontrar é bastante vantajoso em relação aos adversários. “Você já chega sabendo onde tem que melhorar, como tem que guiar. Esse carro é muito diferente dos carros que eu piloto, então a técnica para conseguir chegar perto de um piloto como o Thiago, por exemplo, é bem diferente. Trabalho bastante para saber onde tenho que aprender”, ressaltou .“Esperamos que a corrida desse ano seja melhor que a do ano passado. Pior não tem como ser”, ainda brincou o piloto.

No último ano, porém, a abertura do campeonato aconteceu em Interlagos. Em um traçado mais técnico, os convidados acabaram se acostumando com o local. E isso pode ser visto como um ponto positivo para Gabriel Casagrande, que mais uma vez escolheu Enrique Bernoldi para dividir o carro. “A pista é nova para todos os convidados, uma pista que era nova para nós até o ano passando, então acho que todos têm que se adaptar, o que não é um problema”.

Por fim, Casagrande aposta na emoção da prova. “Acredito que esse ano vai ser ainda melhor que a do ano passado. Acho que vai dar pancadas e depois vai secar, temos ver o que vai ser”, encerrou o piloto.

A corrida da primeira etapa da temporada 2015 da Stock Car acontece neste domingo às 10h30, com transmissão ao vivo na TV Globo e SporTV.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x