21 de Maio de 2015 - 14h18

Subindo

Daniel Serra tinha somado só um ponto em três corridas. De repente, é o nono colocado no campeonato, a apenas 26 pontos do líder. O que aconteceu?
Subindo Fernanda Freixosa/Vicar

Daniel Serra não teve um começo de temporada nada fácil no Circuito Schin Stock Car 2015. O piloto da Red Bull Racing marcou apenas um ponto na Corrida de Duplas que abriu o campeonato em Goiânia (GO), onde correu ao lado de seu pai, o tricampeão Chico Serra. Ribeirão Preto (SP) foi palco de uma frustração dupla para o piloto, que não marcou nenhum ponto no interior paulista.

De repente, depois do Velopark, eis que Serrinha aparece em nono lugar na tabela com 36 pontos, apenas 26 atrás do líder e companheiro de equipe Cacá Bueno. “As coisas foram se encaixando e o carro foi melhorando ao longo do fim de semana e no Velopark estava bem perto da perfeição”, disse.

Como dizem os gringos, Daniel foi de “zero to hero” (de zero para herói). Foi dele a vitória na corrida 1 do apertado circuito gaúcho, e ele manteve o bom desempenho também na segunda, em que largou de décimo para chegar no quarto lugar e somar importantes 35 pontos no mesmo final de semana.

De quebra, ainda “desempatou” a disputa com Ricardo Maurício pelo título de maior vencedor no Velopark. Agora, Serra deixou o adversário para trás e soma três vitórias no circuito. “Na primeira corrida eu andei classificando em todas as voltas. Saí do Velopark com 35 pontos e pulei para nono no campeonato. Agora é seguir trabalhando para diminuir a diferença para o Cacá e chegar na última corrida lutando pelo título”.

Motivos para boas expectativas ele tem, já que Curitiba sedia a quarta etapa do campeonato nos dias 30 e 31, e o piloto da Red Bull já venceu três vezes na pista da capital paranaense.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x