24 de Novembro de 2015 - 09h58

Terceiro na disputa, Barrichello verá briga pelo título “de camarote”

Atual campeão foi o maior pontuador da penúltima etapa, mas não reúne mais chances matemáticas para buscar o bicampeonato
Terceiro na disputa, Barrichello verá briga pelo título “de camarote” Duda Bairros/Vicar

A penúltima etapa da Stock Car 2015, realizada no Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul, teve o atual campeão Rubens Barrichello no pódio. O piloto da Medley Full Time finalizou logo atrás de Cacá Bueno, em bandeira amarela, causada pelo fogo no carro de Ricardo Maurício a quatro voltas do final, e impedindo uma nova relargada. Daniel Serra completou o pódio. Foi do recordista de Grande Prêmios de Fórmula 1 a volta mais rápida da prova complementar daquele final de semana.

Na primeira corrida do dia, Rubens fez uma grande prova e encerrou na sexta colocação, tendo o companheiro de equipe, Allam Khodair, vencendo a disputa. Embora tenha tido um dos melhores finais de semana da temporada, somando 28 pontos e sendo o maior pontuador da etapa, não foi suficiente para Rubens se manter na disputa pelo título. Marquinhos Gomes abriu mais de 48 pontos de Barrichello, o tirando da briga pelo bicampeonato. O único que pode ameaçar Gomes é Cacá Bueno, que tem 31 pontos de desvantagem.

“Foi um domingo feliz, pois conseguimos somar muitos pontos e um pódio. Infelizmente, a chance de título acaba por aqui, mas foi uma boa maneira de lutarmos. O safety car no final da prova 2 não nos ajudou muito, pois estava bem rápido e poderia brigar com o Cacá. Mas foi bom levar um troféu para casa usando o capacete do Fefo (Fernando, filho de 10 anos)”, comentou o piloto do carro 111.

Rubinho soma 188 pontos, diante dos 242 de Marcos Gomes e 210 de Cacá Bueno. Tivesse conquistado cinco pontos a mais, ainda estaria na briga.

A última etapa da Stock Car acontece no dia 13 de Dezembro, em Interlagos, São Paulo.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x