11 de Março de 2016 - 11h36

Átila Abreu e o ponto mais suado da carreira

Chevrolet #51 largou em último para conquistar 26 posições e pontuar na estreia do piloto pela equipe Shell Racing na corrida de duplas com Nelsinho Piquet
Átila Abreu e o ponto mais suado da carreira Fabio Davini/Vicar

A sensação de dever cumprido já estava lá com a bandeirada. Mas o prêmio acabou vindo horas mais tarde, quando foi anunciado o resultado oficial da primeira etapa da Stock Car, disputada em duplas com competidores convidados em Curitiba.

Átila Abreu e Nelsinho Piquet saíram da 32º - e última - posição do grid para cruzar a linha de chegada em sétimo. Faltou uma ultrapassagem para entrar nos pontos.

Mas horas depois os comissários puniram o carro de Felipe Fraga/Rodrigo Sperafico, que havia chegado em quarto, com 20 segundos no tempo de prova por um toque com outro adversário e, como consequência, a parceria entre o vice-campeão de 2014 e o atual campeão Fórmula E foi promovida para a sexta posição.

“Nosso esforço foi recompensado e fico muito contente por conseguir estrear pontuando. Foi um pontinho só, mas o ponto mais suado da minha carreira”, comemorou Átila, que em 2016 passa a defender as cores da Shell Racing.

“Mais que a sexta posição na corrida e no campeonato, a jornada em Curitiba valeu para motivar o time, que fez um excelente trabalho mesmo com o resultado pra lá de adverso na tomada de tempo. Conseguimos mostrar boa competitividade e saio mais confiante para disputar vitórias e o título neste ano, pois esta é nosso objetivo.”

A temporada da Stock Car terá sequência no Velopark, a pista mais curta do calendário, no dia 10 de abril com a primeira rodada dupla do campeonato.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x