14 de Abril de 2016 - 09h29

Recordistas e maiores pontuadores do fim de semana: Cacá Bueno e Daniel Serra no Velopark

Dupla disputou a vitória da corrida 1, pontuou na dois e sai na liderança do campeonato
Recordistas e maiores pontuadores do fim de semana: Cacá Bueno e Daniel Serra no Velopark Fernanda Freixosa/Vicar

A Red Bull voltou do Velopark com três troféus na bagagem e a liderança do campeonato de pilotos e equipes da Stock Car. Resultado do trabalho iniciado nos treinos livres e confirmado com a dobradinha de Cacá Bueno e Daniel Serra na primeira fila logo após o treino classificatório.

Cacá, recordista de pole positions no traçado gaúcho, e Serrinha, maior vitorioso do Velopark com quatro triunfos, duelaram bastante na primeira corrida da rodada dupla. Mas o lugar mais alto do pódio ficou mesmo com o pentacampeão.

Na primeira corrida, teve novidade nas largadas no Velopark: os carros só poderiam começar a acelerar cerca de 100 metros antes da primeira curva. Foi uma medida de segurança adotada pela direção de prova para evitar grandes confusões no início da corrida.

Melhorou, mas não evitou pancadaria. Cacá Bueno, pole position, e Daniel Serra, segundo colocado, partiram muito bem e saíram ilesos, preservando suas posições. Só que atrás deles os toques e batidas acabaram provocando a intervenção do safety car.

Relargada na sexta volta e Serrinha começa a perseguir a vitória, partindo pra cima de Cacá. Os dois se revezam na liderança usando o botão de ultrapassagem. Na volta 11 (de um total de 44), Cacá consegue um refresco e parece ter o controle da corrida.

Só que o panorama muda na volta 41, quando Ricardo Maurício enfrenta problemas e para no meio da reta oposta. Safety Car. Cacá olha para o retrovisor e vê a mancha do outro carro da Red Bull Racing enorme no retrovisor. Óbvio que Serrinha não ia dar descanso.

Faltando apenas duas voltas para a bandeira, o duelo entre os companheiros de equipe ganha força. Serrinha tenta de tudo, coloca o carro de lado, mas Cacá mantém a posição e vence pela segunda vez no Velopark (a outra foi em 2012).

Serrinha completa a dobradinha da Red Bull Racing. Marcos Gomes, campeão da temporada passada, termina em terceiro.

O regulamento prevê a inversão dos dez primeiros colocados no grid de largada para a segunda corrida. Logo, Cacá sai em décimo e Serrinha, em nono. Serrinha mantém a posição na primeira volta, mas Cacá não tem a mesma sorte.

No final da reta oposta, encontra Marcos Gomes atravessado, em função de um toque recebido de Felipe Guimarães. Freando do lado de dentro, na sujeira, Cacá não consegue evitar a batida, mas ambos seguem na prova.

Guimarães foi punido com um drive-through por causa da manobra. Serrinha vai ganhando posições aos poucos e termina em sexto. Cacá se recupera muito bem depois de cair para penúltimo e cruza a linha de chegada em 11º lugar. Suficiente para fechar o fim de semana como maior pontuador. Nessa segunda corrida, a vitória foi de Diego Nunes.

Tanto Bueno como Serra somaram 34 pontos na rodada, o que os coloca na ponta do campeonato: Daniel, que conquistou o quarto lugar em Curitiba, tem 37, e Cacá, 34.

Para Cacá, um domingo bem trabalhoso. “Foi cansativo! O Daniel deu bastante trabalho. O meu botão de ultrapassagem não funcionava direito, então eu sofri um pouco nas relargadas, mas depois consegui segurar. É muito bom vencer de novo! Pontuei bem na primeira corrida e guardei 10 acionamentos pra segunda. Mas aí o que aconteceu foi que eu me joguei na freada da reta oposta, na sujeira, e quando percebi o Marquinhos já estava rodando na minha frente. Não tive como evitar a batida. Como foi leve, ainda consegui me recuperar e chegar em 11º. Saio daqui vice-líder e marquei o maior número de pontos no fim de semana. Acho que está de ótimo tamanho!”, afirmou.

Serrinha, apesar da liderança do campeonato, disse que queria a vitória para estender seu recorde no Velopark. “Eu estava tentando ganhar a corrida e fiz de tudo até a última volta. Depois do último safety car, a gente tinha uma certa vantagem sobre os outros carros e eu fui pra cima. O carro deu uma traseirada ali na penúltima curva que assustou um pouco! Tive de segurar. O mais importante é que somamos muitos pontos e eu vou pra Goiânia como líder do campeonato”, concluiu.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x