20 de Junho de 2016 - 16h34

Concurso de música tradicional valerá volta rápida com Ricardo Maurício

Os pilotos da Eurofarma-RC serão os jurados, na quinta-feira, nos boxes de Tarumã. O vencedor sentirá a emoção da carona em um Stock Car pelo circuito gaúcho
Concurso de música tradicional valerá volta rápida com Ricardo Maurício Duda Bairros/Vicar

Se existe algo que o gaúcho gosta mais do que automobilismo são as tradições rio-grandenses, em especial a música que é passada de geração em geração mantendo viva as histórias de um povo. A equipe pentacampeã Eurofarma-RC decidiu reunir as duas paixões num ambiente bem diferente dos CTGs (Centro de Tradições Gaúchas), com o objetivo de premiar a música nativista com uma volta rápida no bólido Stock Car. O Festival de Música Gaúcha da Eurofarma-RC vai acontecer dentro do box da equipe e irá contar com um jurado muito conhecido em todo o Rio Grande do Sul, o músico André Lucena, vocalista do grupo Quero Quero, que esse ano completa 25 anos. Além dele, os pilotos Ricardo Maurício e Max Wilson também farão parte do júri. Para participar, basta comparecer ao box da Eurofarma-RC no autódromo de Tarumã, na quinta-feira, até às 13h30 para fazer a inscrição.

Até agora, já são cinco músicos confirmados. Todos já participaram de um concurso realizado em Porto Alegre. Agora, eles ganham uma nova chance de acelerar a mais de 200 km/h no autódromo de Tarumã, em Viamão-RS. “Levamos tudo isso muito a sério, mas claro, que será uma grande diversão poder fazer isso dentro do box”, conta Ricardo Maurício. A competição está marcada para as 14h30 da próxima quinta-feira, 23 de junho. Além dos competidores do concurso canta Quero Quero, também podem participar músicos não profissionais. “Não entendo muito de música, me arrisco no violão de vez em quando, mas acho muito bonita essa tradição e o amor que os gaúchos têm pelas coisas do seu povo”, diz Max Wilson.

Na sexta-feira, os pilotos farão uma visita ao Hospital da PUC às crianças com câncer que são assistidas pelo Instituto Infantil do Câncer, de Porto Alegre. A partir de sábado, a equipe enfrenta mais um desafio em Viamão. O autódromo de Tarumã que foi palco da primeira corrida da história da Stock Car, em 1979, também será o último do sul do país a receber a categoria em 2016. Ricardo Maurício e Max Wilson vão tentar um resultado inédito na pista. “Já estivemos no pódio de Tarumã algumas vezes, mas uma vitória nesse traçado ainda não conquistamos. Se tudo der certo, sairemos de lá com essa marca”, conta Ricardo Maurício.

A estratégia só começa a ser traçada a partir dos treinos livres, marcados para o sábado, 25 de junho. O treino classificatório será realizado no mesmo dia para formação do primeiro grid de largada. Como acontece desde o ano passado, serão realizadas duas corridas com tempos e pontuação diferentes. O abastecimento permanece não obrigatório, mas, cada equipe deve buscar a melhor combinação para conquistar o maior número de pontos ao final das duas provas.

Como na etapa anterior, a pista abrasiva e a baixa temperatura devem ser componentes importantes na decisão de troca de pneus e abastecimento. Com 3.069 metros, a pista exigirá pit stop na primeira ou segunda prova, sob o risco de finalizar a prova sem combustível. Mas, a decisão deve ficar para a pista. “Tudo depende da posição dos nossos pilotos em relação aos adversários diretos. A estratégia é tão importante quanto um carro bem regulado e um bom piloto”, diz Rosinei Campos, chefe da equipe Eurofarma-RC.

As corridas serão no domingo, 26 de junho, às 14h e 15h30, respectivamente, com transmissão ao vivo pelo canal SporTV.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x