Pilotos

Cimed Racing: vice-campeonato por equipes

Campeã em 2015 e 2016, equipe terminou a temporada com quatro vitórias e 12 pódios e o 4º lugar de Marcos Gomes em interlagos

A Cimed Racing, campeã da Stock Car por pilotos e por equipes em 2015 e em 2016, encerrou a temporada 2017 neste domingo em Interlagos com Marcos Gomes lutando por um lugar no pódio até os metros finais. O piloto de Ribeirão Preto chegou na quarta colocação e teve companhia de Felipe Fraga também no top-10, após uma bela corrida de recuperação do tocantinense com várias ultrapassagens. Com os resultados na última etapa, o time de Petrópolis encerrou o ano com o segundo lugar no campeonato de equipes com 467 pontos somados.

"Nós tivemos uma boa disputa ali com o Serrinha, mas acabou faltando um pouco de velocidade de reta para podermos retomar o terceiro lugar, posição em que largamos na prova. O carro manteve um ritmo constante e estava semelhante ao do classificatório, tentei até o limite, mas não conseguimos recuperar a posição que perdemos no box. A temporada teve altos e baixos e vamos voltar a brigar pelo título em 2018", diz Marquinhos, que fechou o ano em sétimo no campeonato com 242 pontos.

Felipe Fraga também avaliou o ano da Cimed Racing de maneira parecida com Gomes. O campeão de 2016 conquistou quatro vitórias no ano e foi um dos destaques deste domingo ao ultrapassar oito carros na pista usando somente seis pushes.

"O carro esteve bom o final de semana inteiro, na classificação ele também estava rendendo bem e eu poderia ter largado ali na frente junto com o Marcos (Gomes), mas foi um erro meu e isso acabou prejudicando a volta. Na corrida de hoje estávamos com o mesmo carro e a diferença foi que acertamos em praticamente tudo. Esse ano eu cresci muito como piloto, mas faltou mais constância em pódios e bons resultados para disputar o título até a última etapa. Certamente vamos fazer isso ano que vem e a partir de hoje nós já começamos a pensar em 2018", diz Fraga.

Após quase entrar no top-10 do classificatório no sábado, Denis Navarro teve um dia semelhante neste domingo ao terminar a prova na 11ª posição. "Nós tivemos um começo de ano difícil, mas nas últimas três etapas nós encontramos um bom acerto pro nosso carro e melhoramos em ritmo de classificação e de corrida também. Tentamos ficar entre os dez primeiros e faltou um pouco para alcançar o Vitor (Genz). Estou satisfeito por terminar em alta essa reta final de trabalho na Cimed Racing e isso me deixa bastante motivado para a próxima temporada", diz Denis.

Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno teve um final de semana difícil em Interlagos. Depois de largar na 13ª fila, o piloto do carro 0 precisou fazer uma corrida de recuperação e terminou a prova na 17ª posição. No campeonato, Cacá se manteve no top-10 e encerrou o ano em nono lugar com 225 pontos.

"Foi um ano de bastante trabalho e aprendizado aqui na Cimed Racing. Tivemos bons finais de semana como na Corrida do Milhão, Velopark e Velo Citta, mas em outras etapas estivemos longe de disputar as primeiras posições. Todos nós aprendemos muito aqui na Cimed Racing e esperamos voltar em 2018 brigando por vitórias", diz Cacá, que é maior vencedor do grid da Stock em Interlagos com sete triunfos.

Chefe de equipe da Cimed Racing, William Lube fez um balanço sobre o ano com os quatro carros. "O início da temporada 2017 foi muito difícil. Nós tivemos problemas parar acertar o setup dos carros com a nova bolha e nisso nós acabamos gastando muito tempo e pneus. No final do ano nós já tínhamos carros melhores, conseguimos boas vitórias e pódios, mas ainda vamos continuar trabalhando para voltar a disputar o título em 2018", diz Lube.

A Stock Car volta em 2018 com a Corrida de Duplas no dia 10 de março com a presença de Felipe Massa pilotando na Cimed Racing em dupla com Cacá Bueno.