Pilotos

Equipe Carlos Alves cria academia de pilotos

Time de Valdeno Brito e Vitor Genz lança programa de novos talentos inédito no Brasil para 2018

Nos últimos anos, a maior parte dos jovens pilotos que se destacam nas categorias de base do automobilismo brasileiro tem tido dificuldades para ingressar na Stock Car. Apesar do sucesso do Campeonato Brasileiro de Turismo – considerado o acesso direto à divisão principal –, ainda existe uma lacuna difícil de ser preenchida por aqueles que buscam uma vaga no circuito profissional do esporte.

Aproveitando as novidades que são esperadas para o Brasileiro de Turismo em 2018, e pensando em favorecer a chegada à Stock Car de jovens talentos que se destacam no Brasileiro de Turismo, a equipe Carlos Alves lançou nesta semana uma academia de pilotos inédita no país. O projeto tem como objetivo principal não só o treinamento técnico de pilotos, mas principalmente a aproximação entre patrocinadores e potenciais nomes para a Stock.

“Pensamos em um modelo inédito, que aproveite a nossa estrutura técnica e, também, a nossa experiência em busca e manutenção de patrocínios”, explica Carlos Alves, que atualmente comanda a equipe patrocinada pela marca de cervejas especiais Eisenbahn. “Ao longo dos anos notamos que a lacuna técnica é relativamente fácil de preencher depois de uma boa temporada no Brasileiro de Turismo, mas a preparação que podemos chamar de 360 graus do piloto acaba recebendo pouca atenção. E em um ambiente profissional como o da Stock Car, todas as habilidades são fundamentais”, acrescenta.

Nas questões técnicas, Carlos Alves destaca que os membros de sua academia de pilotos terão acesso direto ao time principal. Seja na sede do time, localizada no bairro de Interlagos, em São Paulo, seja nos finais de semana de corrida, a integração vai ser total. “A análise de dados e as conversas entre pilotos e engenheiros serão acompanhadas pelos novatos, que realmente poderão participar das discussões”, narrou.

Os novatos receberão uma espécie de tutoria de Filipe Forti, um dos engenheiros da equipe. Ex-piloto de sucesso em categorias com a Stock Light, a Fórmula Ford e o Kart, Forti será “professor” de temas como análise de dados, acerto de carro e pilotagem.

“No intervalo entre as corridas, o objetivo é que os novatos frequentem nossa estrutura e recebam treinamento técnico sobre o carro e sobre estratégias de corrida, por exemplo. O Brasileiro de Turismo deste ano está tão competitivo quanto a Stock Car, por isso uma técnica refinada de pilotagem e, sobretudo, um bom conhecimento do carro, serão fundamentais na busca pelo crescimento profissional dos pilotos”, opinou Forti.

Patrocinada por uma das principais indústrias de bebidas do país, a equipe Carlos Alves é, também, referência em Marketing Esportivo. As “locomotivas negras”, apelido dados aos carros da Eisenbahn Racing, estão entre os mais procurados na visitação de box e a continuidade do acordo com a fabricante paulista – que já dura cinco anos –, é um dos ativos mais valiosos do time.

“Nossos pilotos poderão circular por um ambiente em que se fala sobre questões técnicas e, também, comerciais. Nunca vi isso na Stock Car e por isso consideramos um grande passo na formação de novos talentos a formação 360 que daremos em nossa Academia de Pilotos”, encerrou o líder da equipe.