Últimas notícias

Guilherme Salas anima Hot Car Bardahl

Terceiro lugar no segundo treino livre deixa piloto de Jundiaí esperançoso. Tomada de tempos em Interlagos acontece nesta sexta ao meio-dia

Em mais um dia de tempo instável em Interlagos, alternando pista seca e úmida, pilotos e equipes da Stock Car seguiram trabalhando no acerto dos carros para a Corrida de Duplas, que abre a temporada 2018 neste sábado (dia 10). Nesta quinta-feira (8), os convidados tiveram dois treinos de 50 minutos de duração cada e, à tarde, foram realizados os dois primeiros treinos livres oficiais, com titulares e convidados podendo dividir os carros.

Neste sábado, os pilotos terão mais um treino livre e o classificatório a partir do meio-dia, ao vivo no SporTV. No Q1, os 33 titulares vão para a pista, depois os 33 convidados. A média da dupla levará os 15 melhores para o Q2. Nesta fase, apenas os titulares classificam. Os seis melhores vão para o Q3 e serão os convidados que definirão o primeiro pole position do ano. No sábado, a prova terá sua largada às 13h30.

Na equipe Bardahl Hot Car Competições, Guilherme Salas / Mariano Altuna e Rafael Suzuki / Jean-Karl Vernay trabalharam forte no acerto dos carros. No primeiro treino oficial, Suzuki foi o sexto colocado e Salas o oitavo. No último treino do dia, Salas terminou na terceira posição. Suzuki não teve o desempenho esperado e ficou em 23º.

“Foi um dia muito bom. Ontem, já começamos no caminho certo, mas ainda estávamos um pouquinho distantes do objetivo. Hoje conseguimos uma performance melhor e isso se deve ao trabalho de todos na equipe. Para amanhã a expectativa é tentar largar entre os 10 primeiros”, ressaltou Salas, piloto do Stock #117.

O companheiro Altuna quer ainda mais e está motivado. “Estou impressionado com tudo na Stock Car, os carros são muito competitivos, a equipe é ótima. Estou muito contente de estar aqui e espero termos um bom final de semana. Gostei do carro, o acerto funcionou bem hoje e facilitou minha adaptação. Gosto de desafios e amanhã quero me classificar entre os primeiros”, destacou o piloto que é destaque no Turismo Carretera na Argentina.

No Stock #8, Suzuki disse que o carro não tem reagido tão bem quanto o dos companheiros. E agora é trabalhar para solucionar esse problema no último treino livre de amanhã.

“Houve uma evolução de ontem pra hoje, mas os dois carros estão tendo reações diferentes. Mas foi um caminho pra cima, com certeza, e o importante é que o Salas foi bem e temos uma referência dentro da equipe. Mas temos de entender por que o nosso carro não está reagindo como o esperado. Se conseguirmos solucionar esse problema, acredito que podemos estar entre os 10, 15 primeiros na classificação, que é o objetivo inicial”, explicou o piloto paulista.

Vernay também teve mais dificuldades para acertar o carro, mas já se sentiu mais confortável no treino da tarde. “De manhã não foi tão produtivo quanto esperávamos, porque choveu, não conseguimos acertar bem o carro e não estava fácil pilotar. Mudamos tudo para o treino da tarde e o carro melhorou bastante. O Rafael evoluiu, eu dei mais algumas voltas e finalmente me senti mais confortável com o carro. Coletamos muitos dados e vamos trabalhar, mas me sinto pronto para o último treino de amanhã antes da classificação e estou confiante. Vamos tentar ao máximo estar entre os 15 primeiros, mas foi uma pena ter perdido muito tempo pela manhã, tentando me adaptar ao carro”, contou o francês.

No sábado, a corrida começa com os titulares e, na metade da prova, os convidados assumem. Durante o pit stop, as equipes serão obrigadas a trocar os quatro pneus. A prova terá uma hora de duração.